quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Entrevista: Ana Lemos

Hoje a entrevista é com a autora Ana Lemos, que topou de primeira uma entrevista com o blog ♥ Clique aqui pra ir pro blog dela.

 


Primeiramente,quando surgiu seu amor pela leitura?e quando veio aflorar para a escrita?

eu amo ler desde minha infância. Sempre tive professores ótimos, que incentivaram o gosto pela leitura, então quando comecei nunca mais consegui parar. O gosto pela escrita começou no início de 2014, quando arrisquei contar minha primeira história.

Seus pais sempre te apoiaram?
Apoio de pais​, não posso dizer que tenha me influenciado, porque tenho minha própria família (marido e filhos), e estes sempre me apoiaram em tudo.

Qual o sentimento de dar uma entrevista haha?
É legal contar um pouco da minha história, porque algumas pessoas têm uma visão bem distorcida da realidade dos autores nacionais. Na maioria das vezes, são pessoas como eu, que trabalham o dia todo em outra ocupação e escrevem por prazer, até por que para ganhar dinheiro com a escrita, ou seja, quem consegue se sustentar apenas escrevendo, certamente teve uma tragetória não muito curta. O início é só investir e acreditar no seu trabalho.

Uma playlist para ouvir lendo seus livros?
Sempre estou ouvindo músicas quando escrevo e cada livro acaba tendo sua própria playlist, que associo a determinados momentos da história. Eu amo música.

Você se identifica com algum personagem de seus livros?
Posso dizer que a Lucy tem bastante da minha personalidade e alguns gostos em comum

Onde se sente mais inspirada para escrever?
O lugar não importa, desde que esteja com meus fones e sem interrupções
Qual seu autor favorito?
Tenho vários autores que amo de paixão, tanto nacionais como estrangeiros, então prefiro não citar apenas alguns e correr o risco de deixar alguém de fora.
Você passou por dificuldades ou preconceitos durante antes ou depois de publicar seus livros?
Nunca sofri qualquer tipo de preconceito, muito pelo contrário, a escrita só me trouxe grandes amigos.
Um ídolo ?
 Todos aqueles que não ficam apenas se promovendo e efetivamente ajudam a mudar este mundo, seja em relação à fome, falta de educação, de saúde, de cultura, etc. Pode ser um anônimo qualquer, mas tem que ser gente que faz.

Um sonho ?
Continuar a escrever e ver minhas histórias se multiplicando, aqui e fora do Brasil.

Um recadinho para aqueles que sonham em publicar seu próprio livro 
Se você gosta de escrever e tem esse sonho, meu conselho é: siga em frente, escreva e publique, mesmo que em plataformas on line e gratuitas, o importante é mostrar seu trabalho, e se ele for reconhecido, os frutos virão como uma consequência natural.
Bjs

O Jardim Secreto! (The Secret Garden)


Oi gente, hoje venho apresentar pra vocês meu Jardim Secreto ♥
Quando a febre começou e todo mundo começou postar fotos e tal, eu olhava e pensava "...meu Deus, nunca vou conseguir colorir assim..."
 No meu aniversário ganhei um de uma amiga mais que fofa (Beijo Déia) e lá vamos nós nos aventurar ...


Está sendo uma MEGA aventura! Tem muitos videos no YouTube ensinando técnicas, e a gente vai se aprimorando, claro, com o passar do tempo praticando.
Mas é ótimo!
Claro, que pra algumas pessoas mais estressa que acalma, mas compensa investir, vai que é seu dom...
As ilustrações foram feitas à mão pela autora  Johanna Basford, que dom!




Eu uso os lápis convencionais da caixa de 24 cores e 36 cores da Faber Castell, mas indico muito os lápis da Maped, que considero beem melhores! E claro, é sempre bom conhecer novas marcas, novas cores :)
Nao conheço muitos livros para colorir, tenho apenas dois... Mas realmente aconselho que quem nunca experimentou, se jogue!

As folhas são especiais então muitos tipos de caneta ( a maioria que testei ) não passa do outro lado! Então é só soltar a criatividade.
 O preço em média é de 22 reais, ou quase isso nas lojas virtuais.
Espero que tenham curtido :) 


quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Resenha: O Castelo de Vidro de Jeannette Walls

"O Castelo de Vidro poderá,por vezes, exaurir suas energias, outras, enche-lo de fúria,e, finalmente, deixá-lo de queixo caído, maravilhado." -National Review Online

Oii, hoje a resenha é deste livro deslumbrante, ao qual agradeço por ter cruzado meu caminho!
Achei nestas duas capas:

Sinopse:“Filha, a gente não tem dinheiro para o presente, mas escolhe uma estrela no céu, e fica com ela pra toda a vida.” Todo mundo pode dar uma segunda chance à vida. Em suas memórias, a jornalista e escritora Jeannette Walls nos mostra, sem pieguices e respostas fáceis, que tudo na vida é mesmo relativo, que as adversidades podem ser vividas com leveza, somando aprendizado e grandeza às nossas biografias.

Minha Opinião: Nunca havia lido um livro de memórias, e na realidade, nem sabia quem era Jeannette Walls antes de dar de cara com este livro ali, frente a frente!
A historia começa quando a autora tem 3 anos, e vai até sua idade adulta, mostrando as barbaridades de sua infancia! O Pai maluco que leva a família para lá e para cá, entre desertos e cidades pacatas, sem um tostão, fazendo planos mirabolantes sobre o futuro, muitas vezes tendo que fugir sem poder levar muita coisa; a mãe artista mais doidinha ainda,que devia ser professora mas vive deixando a vida pra lá,se contentando com o incontentável e os irmãos dos qual Jeannette é a do meio... E também a confusão de ser criança, de querer que tudo mude e não ter reais forças.
O livro é tão leve, tão suave, que li em poucos 4 dias, e gostaria que fosse maior haha
A autora me cativou muito, ainda mais quando descobri que era real -tá escrito na capa-
SUPER indico!

Minha nota: 10




terça-feira, 28 de julho de 2015

Leituras indicadas - Agosto 2015

Oii pessoal, vim aqui fazer uma listinha rapidinha de livros pra ler neste mês de Agosto, que logo logo começa :)
Espero que curtam!

1- O Projeto Rosie, é o proximo livro que pretendo ler :)
Sinopse: Para se ter a vida de Don Tillman, não é preciso muito esforço. Todos os compromissos são executados de acordo com o cronograma e se, apesar dessa programação, algum desagradável contratempo surgir em sua rotina, não há nada que não possa ser solucionado com meia hora de pesquisa científica.
Exceto as mulheres.
Até o momento, a única coisa não esclarecida pelos estudos no campo de atuação de Don, a genética, é o motivo para sua incapacidade de arrumar uma esposa. Uma namorada ao menos? 
Para solucionar esse problema do modo mais eficaz, Don desenvolve o Projeto Esposa, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a filtrar candidatas inadequadas a seu estilo de vida: fumantes JAMAIS, e mulheres que se atrasam por mais de cinco minutos ou que usam muita maquiagem estão fora dos critérios pouco flexíveis que o levarão à mulher ideal.
O único problema é que um questionário desse tipo exige tempo e dedicação, duas coisas que começaram a diminuir exponencialmente no cotidiano de Don desde que ele conheceu Rosie: fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora marcada. Ou esse era o único problema até Rosie entrar na vida de Don e – despretensiosamente, uma vez que ela nunca se candidatou ao Projeto Esposa – mostrá-lo que a mulher ideal não existe, mas o amor, sim.


2- Feios, com toda certeza é um livro que estou maluquinha pra ler,eu vi que tem ( de graça ) no app Wattpad, mas quero muuito o livro físico.
Ele é o primeiro de uma trilogia :) Espero ler logo e postar aqui a resenha.

 
Sinopse: Tally Youngblood é feia. Prestes a completar 16 anos, ela mal pode esperar para se tornar perfeita. Séculos depois do apocalipse ecológico que destruiu a civilização industrial, a humanidade vive em cidades-bolha cercadas pela natureza. Neste mundo, ao completar 16 anos todos têm direito à operação que os deixa extraordinariamente belos. Após o procedimento, os perfeitos mudam-se para Nova Perfeição, onde levam uma vida de luxos, festas e diversão. Durante a espera, Tally conhece Shay, a única feia que parece não aguardar ansiosamente a cirurgia. Quando sua nova amiga desaparece, Tally descobre que o mundo onde vive não é tão perfeito quanto parecia ser. "Feios", primeiro livro da série de Scott Westerfeld, é uma narrativa de tirar o fôlego.

3- Ah, é claro! Como poderia faltar? A menina que roubava livros está sim aqui ♥
Tem disponível no Wattpad, e para ver a resenha clique aqui.


 Sinopse:A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.
 Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.
4- Este, comecei a ler hoje, espero muuito que eu goste!



Sinopse:Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda.  Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

5- Li faz bastante tempo, mas recomendo bastante! Narrativa sobre uma mitologia "Atualizada" :)



Sinopse :Os deuses do Olimpo continuam vivos, em pleno século XXI! Eles ainda se apaixonam por mortais e têm filhos que podem se tornar grandes heróis, mas que acabam, na maioria das vezes, encontrando destinos terríveis nas garras de monstros sem coração. Apenas alguns descobrem sua identidade e conseguem chegar ao Acampamento Meio-Sangue, um acampamento de verão em Long Island dedicado ao treinamento de jovens semideuses. Essa é a revelação que leva Percy Jackson a uma incrível busca para ajudar seu verdadeiro pai - o deus dos mares! -, a evitar uma guerra no Olimpo.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Resenha: Lua Nova de Stephenie Meyer

Oi gente, hoje a resenha é sobre o segundo livro da saga Crepúsculo.
No Brasil, as capas que encontrei foram estas abaixo:





Sinopse: Para Bella Swan, há um coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que ela poderia ter imaginado. Edward, já resgatara Bella, das garras de um monstro cruel,  mas agora, quando o relacionamento ousado do casal ameaça tudo o que lhes é próximo e querido, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando...

Minha Opinião: Fiquei bem desapontada com o livro! Como uma saga tão famosa, esperava mais.
Minha edição é a de capa branca, como mostrei neste post aqui.
 O primeiro livro da saga ( Crepúsculo ) foi muito bom, na verdade, me cativou muito, mesmo que eu já tivesse visto o filme há alguns anos e não tivesse dado muita bola.
No primeiro livro personagem Jacob ainda é um menino, então é neste segundo livro que vem aflorar o mega famoso triângulo amoroso de Bella, Edward e Jacob.
Achei um livro que não flui, não escorre, não agiliza! Daqueles que nos prende nas páginas, ao invés de nos cativar a ler mais e mais.
Realmente um conflito muito bobo. Me decepcionou bastante! Como já tenho os outros livros, vou ler, na espera de que a trama se desenrole melhor.
É um romance frio e sem sal, mesmo que bem exótico, já que Bella é mega/hiper/blaster apaixonada por Edward, um vampiro, e passa a ter um melhor amigo um tanto... diferente: Jacob.
Lua Nova fez com que minha opinião sobre a saga caísse muito, mas talvez seja só este livro, né? ( Espero que sim)

Minha Nota: 7
  Beijos ♥

domingo, 26 de julho de 2015

Resenha : Como eu era antes de você de Jojo Moyes

Oi pessoal, hoje a resenha é de um dos livros mais fofos que já li :)


"Uma leitura extremamente envolvente e maravilhosamente romântica." Daily Telegraph



Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.



Minha Opinião: Meu Deus, que personagens ótimos!
Não sou tão acostumada a ler romances ( estava lendo  Lua Nova foi um pé no saco) mas este aqui me deixou realmente e literalmente aos prantos.
Louisa, uma mulher comum de 26 anos procura um emprego após ter de deixar de trabalhar em um café, que não tinha outra saída se não fechar. Ela acaba indo trabalhar por 6 meses na mansão dos Traynor, para cuidar de Will que é um tetraplégico de 35 anos muito descontente com a vida. Seus pais já nao sabem o que fazer com o filho, que antes do terrivel acidente ( decorrendo a tetraplegia) fora ativo, apaixonado por adrenalina e coisas realmente radicais.
Lou tem um desafio pela frente: Mostrar a Will que a vida pode SIM ter seu brilho para ele, mesmo com a limitação tão odiada...
O rumo da história não é fenomenal, mas a maneira como Jojo escreve sim! Gostaria eu que  tivesse um segundo livro, um terceiro, enfim.
Um romance agitado, hiperativo, ativo! Para aqueles que querem experimentar o romance com uma pitada de sutileza.
Recomendo para todas as idades, mas acredito que a partir dos 13 seja o ideal.
Caso tenha oportunidade, peço que não a deixe passar e leia este belo romance, que nos faz pensar e repensar na vida e nos rumos que damos a NOSSA vida e aos relacionamentos com as pessoas ao nosso redor.

Minha Nota: 10

PS:Um grande beijo pra Suh que me deu de presente♥

terça-feira, 30 de junho de 2015

Leituras Indicadas - Julho 2015

Oii pessoal, resolvi fazer uma listinha de  5 livros indicados pra ler em Julho que começa amanhã
 ( meu aniversário tá perto, uhul ) 

1-Primeiramente, este que eu tanto falo... A Maldição do Tigre de Collen Houck, ele é bem dinâmico, primeiro de uma série cheia de aventuras, super compensa ler! Tem no aplicativo pra android 
Wattped, grátis!                        
                                                        Pra quem quiser resenha, clique aqui .

 2- Este aqui também é ótimo, O Oceano no Fim do Caminho de Neil Gaiman, que retrata a infância do personagem principal, eu estou lendo e estou gostando muito! O autor escreve bem demais! Recomendo bastante.

 3- O conhecido Crepúsculo de Stephenie Meyer, que li recentemente, classificado por mim, nota 9!
 Tem no aplicativo pra android Wattped, grátis!

                                                         Pra quem quiser resenha, clique aqui .

 4- O quarto é A Herdeira da Kiera Cass, recentemente lançado, que é o quarto livro da antiga "trilogia" A Seleção. Ainda não o li mas me interessa muito!
( Resenha de A Seleção aqui )

5- Este aqui, não é tão famoso no Brasil, e eu não tenho o livro mas li do meu tio.
Ele é fantástico! Nunca li um final tão bom quanto o deste livro.
Trata de uma turma de estudantes que é selecionada para participar de um programa do governo, em que são colocados em  determinado local (ilha) onde cada um recebe uma "arma", dês de armas pesadas até garfos.
O objetivo do projeto é que reste apenas um estudante, e tem toda uma questão " politica" nada chata envolvida. OBS:Caso demorem demais, ou se recusem a lutarem entre si, todos são mortos. 

 Espero que gostem, beijos :)

Resenha: Crepúsculo de Stephenie Meyer

 Oi gente, hoje a resenha é desse daqui :
Super famoso, primeiro livro da saga crepúsculo.
Eu li na versão de capa branca, como eu mostrei em uma postagem aqui, é a coleção que eu tenho, porém está disponível no Brasil estas duas:


 Sinopse: Isabella Swan, chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks – último lugar onde gostaria de viver. Ela tenta se adaptar à vida provinciana na qual, aparentemente, todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen. Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella, o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo 'amor proibido', alerta: sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela. Em meio a descobertas e sobressaltos, Edward, é sim, perigoso: um perigo que qualquer mulher escolheria correr.

Minha Opinião: Eu gostei muito do livro, e achei muito diferente do filme, e melhor.
Claro, similar, mas surpreendentemente melhor, pois no livro entendemos melhor  a personagem principal, Bella, e suas atitudes em geral, já que o livro é narrado por ela.
Sobre o romance super meloso, achei divertido, criativo, lembrando que o tema de vampiros foi muito bem padronizado no livro, com descobertas sobre comportamentos e etc.
 A família de vampiros é bem criativa também, e a história de cada um deles.
Mas já digo, que para quem não curte romance, que nem compensa, o livro é muito melosinho mesmo! Nível máximo kk
E sobre os desastres de Bella, e sua falta de coordenação motora, nao achei artificial, achei mega engraçado.
Não tenho queixas deste livro, e indico bastante :)

Minha nota: 9

Beijos, Anna

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Filmes de Livros - A Culpa é das Estrelas de John Green

 Hoje uma "resenha" digamos assim, do filme que veio do livro de John Green, A Culpa é das Estrelas.


Lançamento:5 de junho de 2014 (2h5min
Dirigido por:Josh Boone
Com:Shailene Woodley, Ansel Elgort, Nat Wolff e outros.
Gênero:Romance , Drama
Nacionalidade:EUA



SinopseHazel Grace tem 16 anos e tem uma doença grave em seus pulmões o que faz ela usar uma máquina dentro de seus pulmões,mas ela é obrigada a ir a um grupo de Apoio,onde Conhece Augustus Waters,de 17 anos que tem uma perna falsa,após ficarem trocando olhares,Gus a convida para sua casa,onde conversam sobre um livro o que causa uma grande persistência a ir a Amsterdã,a ver o autor,mas ao perceberem que ele não é o que parece,os dois desenvolvem um romance. No fim,Gus morre,e Hazel sem rumo,descobre um cartão,que mudará sua convivência no mundo sem seu amor,Gus.

Minha Opinião: Um filme ótimo de verdade, para os fãs de um belo romance.
Já o livro não é minha praia, mesmo que eu goste de romance... explico a rasão: No filme, são algumas horas, algumas lágrimas e acabou,  estamos acostumados a filmes tristes, com finais nem tão desejáveis assim... Já o livro, são bem mais horas, e também empenho para uma coisa muito rasa,  realmente, como filme é muito melhor.
Indico muito pra quem gostou do livro, e pra quem não gostou também, pois tem uma direção ótima, atores também muito bons ( mesmo que muitos tenham reclamado do personagem Gus no filme ).

Pra quem quiser assistir no YouTube mesmo:
E também indico o site que eu uso pra ver filmes online :http://megafilmeshd.net/

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Registro Módico? (envio de livros)

Oi gente, hoje vim mostrar uma solução para aqueles que amam livros, e gostam de trocar como eu :)
Mas, às vezes, a pessoa mora em outro estado, e por outros serviços dos Correios que não fossem o Registro Módico, talvez em situações não compense o valor do frete, pelo valor do livro! Acaba saindo o mesmo preço que comprar em loja virtual ou em livraria presencial mesmo.
Porém o " módico" sai muito mais em conta, em vista de outros serviços, e na verdade nem é muito conhecido. 

Site Correios sobre o Registro Módico:
O Registro Módico é uma redução tarifária aplicado ao serviço de Registro Nacional. Pode ser utilizado junto aos serviços de Carta (comercial e não comercial), impresso normal, impresso especial e mala direta postal, quando da postagem de: 
- livros em geral, postados por qualquer pessoa física ou jurídica; 
- materiais didáticos, impressos ou gravados em CD ou DCD, desde que postados por escolas de ensino por correspondência e destinados a seus alunos.
- A postagem de livros e materiais didáticos com Aviso de Recebimento - AR, Valor Declarado - VD e Mão Própria - MP, nas modalidades carta comercial, carta não-comercial,impresso normal e impresso especial, deve ser feita obrigatoriamente sob registro (Registro Módico ou Registro Nacional).
O valor da postagem varia muito, de acordo com o peso do livro ( ou mais de um livro em seu pacote, até 5 kg), mas em geral é bem acessível, até 10 reais. Custa 1,80 por objeto + a taxa pelo peso.
Algumas agencias não estão "habilitadas" ou coisa assim, porém na da minha cidade, a atendente pegou meu telefone e me ligou horas depois quando o serviço passou a estar habilitado em minha cidade, e me explicou que algumas agências não possuem "público" neste serviço e por isso não estão acostumados a fazê-lo.
E como é um "registro" como o nome mesmo sugere ,possui rastreamento pelo site dos Correios, passando a ser mais seguro e prático!
Em caso de mais dúvidas, acesse o site dos Correios: http://www.correios.com.br
E este site aqui tem uma postagem ótima sobre o assunto,recomendo bastante: http://www.leitoraviciada.com

Beijos, Anna :)

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Filmes de Livros - Percy Jackson e o Ladrão de Raios

Oi gente, hoje resolvi fazer uma coisinha um pouco diferente.
Vim fazer uma resenha sobre o filme x livro "Percy Jackson e o Ladrão de Raios".
Mais pra dar minha opinião mesmo.

Minha Opinião:

O Filme: Curti muito o elenco e tal, muito bons mesmo! Efeitos bem reais.
 Eu vi muita gente super elogiar o filme, porém estas nunca haviam lido o livro.
Eis a questão...
O Filme não é nem de longe  semelhante ao livro em muitos pontos, é claro, pois necessita de adaptações para caber uma história de um livro em uma hora e pouco de filme, mas este é o X da questão! As adaptações não foram tão boas ou convincentes, perto do livro que por sinal é realmente bom.
Compensa sim assistir o filme, é relativamente curto, mas leia também o livro, pois quem gostou do filme vai amar o livro :)

Aqui o filme dublado pra quem quiser, no YouTube mesmo, como pode não estar muito bom, indico o site de filmes online que eu uso, o http://megafilmeshd.net/




Resenha- O Ladrão de Raios de Rick Riordan

Oi gente, hoje é a resenha deste aqui:
Foi meu primeiro livro de saga, em 2012.
Eu acho que tem outra capa aqui no Brasil, mas não achei :/
( Lembrando que tem disponível o box da saga, e também o box econômico da saga aqui no Brasil, o que compensa bastante)
Percy ♥
Sinopse:Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

Minha Opinião: Quando eu li, tinha 12 anos, e fiquei simplesmente encantada! Hoje eu já não sei se teria tal gosto pelo livro e pela saga, pois não é muito minha área favorita e prefiro não ler várias vezes para não mudar minha reação pela primeira vez aos 12 aninhos haha
O drama de Percy é simplesmente encantador, os personagens mega super bem feitos, e a representação de deuses gregos na atualidade é extraordinária.
Nada parado! Livro muuuito dinâmico, divertido, rápido e principalmente : É DAQUELES QUE DÁ VONTADE DE ENTRAR DENTRO! hahaha Acontecem coisas novas com os deuses o tempo todo, aliás, é ótimo pra quem acaba de entrar no 6° ano, que estuda a mitologia grega.
Indico para 12, 13 anos, pois é um livro juvenil, claro que nada impede que alguém nos seus 30, 35 ou mais também goste, mas é bem mais pro gênero teen mesmo. 
Como este é o primeiro livro de 5, não tem um fim muito legal, necessita continuação.

Minha Nota: 9



terça-feira, 9 de junho de 2015

Resenha - A Elite de Kiera Cass

Oi gente, hoje a resenha é dessa belezura aqui a baixo:
Eu não peguei as outras capas, por que só muda o idioma do título, de acordo com a região onde foi publicado né :) 

OBS: Antes de tudo deixo bem claro que é complicado falar sobre A Elite sem nada citar A Seleção, então se você ainda não leu A Seleção, recomendo que veja sua resenha antes desta daqui.

Sinopse: A vida no palácio não era tão ruim quanto America imaginava. Ou melhor: com todos os mimos e privilégios que estava tendo, ela já mal se lembrava de como era pertencer à casta Cinco. Ser Um, em compensação, era fácil: suas criadas eram costureiras talentosíssimas e faziam vestidos maravilhosos; os banquetes e as festas que frequentava eram incrivelmente divertidos; e o conforto em que vivia agora seria impensável alguns meses atrás. Além de tudo, quando sentia saudade de casa, tinha Aspen por perto.

Minha Opinião: Esta é a continuação do livro A Seleção, eu li já faz um tempinho, mas deixo bem claro que dos três livros ( A Seleção, A Elite e A Escolha), este foi o pior e mais enrolado.
A personagem América fica indecisa demais! 
Já sobre narrativa e escrita eu sou suspeita pra falar, já que gosto muito da autora Kiera Cass. 
Neste livro America se perde em indecisões, sobre sua casta ( posição na sociedade ) e seu romance com Maxon e Aspen , um principe e um guarda do palácio, que já conhecemos do primeiro livro.
Gostei bastante, mas achei o ponto fraco da antiga trilogia, agora saga ( eeee lançou A Herdeira ).
Não acho que faça muito sentido ler apenas o segundo, os livros se completam mesmo! ( A Seleção não tem um final aceitável hehehe a curiosidade mata ).
Pra quem curte um romance, eu indico sim. Ainda mais que envolve também uma questão política de Illéa, nada chato ou cansativo e que é de um universo futuristico muito bem criado pela autora. 

Minha Nota: 8

Beijos, Anna.


segunda-feira, 8 de junho de 2015

Resenha - A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak

Oi meus queridos, hoje a resenha é do famoso " A menina que roubava livros" !
Abaixo as duas capas brasileiras.


Sinopse: Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.

Minha Opinião: Li este faz umas semanas, e achei realmente bom, bem melhor do que eu esperava! A morte é quem narra, de uma forma realmente brilhante, e a personagem é um tanto quanto muuito bem feita! E se passa em território de segunda guerra. CAAALMA! Não é um daqueles livros clássicos sobre segunda guerra, como " O menino do pijama listrado" que fala de pessoas nos campos de concentração, ou de líderes de exércitos, mas sim de uma família comum, que mal sabia o que estava acontecendo, e inocentemente ia sofrendo as calamidades do período. Eu não poderia deixar de expressar minha admiração por esse livro ♥
Muita gente reclama que a morte da uns spoilers antes de contar certas coisas, mas isso particularmente não me irritou, achei bem encaixado, passando aquela vontade de ler ainda mais para ter detalhes.
Achei muito surpreendente e rápido, possui frases muito bacanas também, e cenas emocionantes.

Minha nota: 10

sábado, 6 de junho de 2015

Resenha - Casa de Segredos de Chris Columbus e Ned Vizzini

Oi gente, agora uma resenha sobre este aqui ↓ Casa de Segredos, de 2014 ,
 ( Idéia do meu tio hehe, obrigada tio)

Número de páginas:348

Sinopse: Três crianças normais. Uma maldição ancestral. Bredan, Eleanor e Cordelia Walker um dia tiveram todos uma bela casa em São Francisco, pais adoráveis e todo tipo de bugiganga eletrônica que podiam desejar. Mas tudo mudou depois que o pai médico perdeu o emprego em um misterioso incidente. A família está em dificuldades e precisa se mudar mais uma vez. À primeira vista a mansão Kristoff parece perfeita, apesar de seus mais de cem anos. Bem melhor e mais espaçosa do que qualquer coisa que a família viu nos últimos tempos – e com um preço excelente. Mas a casa que pertencia ao misterioso escritor Denver Kristoff está muito além das aparências… Não só é boa demais para ser verdade: é assustadora e cheia de segredos. E quando os Walker percebem que um vizinho – não por acaso a filha de Denver Kristoff – pode ter grandes planos para eles, é tarde demais. Os três irmãos vão parar em um lugar selvagem que parece se misturar ao terreno da casa. Uma coisa é certa: eles não estão mais em São Francisco. Seus pais? Desaparecidos. Os amigos? Bem longe dali. E, para completar, os Walker não estão sozinhos. Guerreiros medievais patrulham as florestas, piratas fantasmagóricos rodeiam os mares e uma rainha sedenta por poder governa aquelas terras. A família está presa no mundo fantástico de Kristoff! Para sobreviver terão de vencer as próprias fraquezas enquanto mantêm sob controle seus impulsos mais sombrios. A chave para deixarem o lugar pode estar na relação entre os Kristoff e os Walker, que já atravessa gerações. Mas, à medida que desvendam o próprio legado eles vão descobrir o verdadeiro significado de lar, desvendar muitos segredos e perceber que não é apenas sua família – está mais para a humanidade – que está correndo perigo.

Minha Opinião: Ah, esse livro ... Primeiro que ele possui uma divisão de capítulos muito boa, daquelas bem rapidinhas sabe , ah, gostei muito disso, o livro passa e a gente nem vê!
OK, os personagens também achei legais, minha favorita foi a Eleanor, com sua inocência tão bonitinha.A história é bem atual, com celulares e tecnologias em geral, a que estamos acostumados, colocados em seus devidos lugares, misturados com piratas e gigantes destrambelhados em uma mega aventura.
É um livro bem juvenil, rápido e nada massante, possui continuação em um segundo volume, e tem um final aceitável para aqueles que não queiram ler o segundo livro.
No decorrer da história acontecem muitas reviravoltas, na verdade acontecem coisas a todo momento, o que ajuda para que não se tenha aquela vontade de abandonar o livro pela metade hehehe!
Aconselho para as idades entre 12 e 14 anos, porém como um livro de aventura que é, cabe para todo público.

Minha nota: 8

Beijos, Anna 


Resenha - Anna e o Beijo Francês de Stephanie Perkins

Olá queridinhos e queridinhas, vim hoje fazer mais uma resenha :) O livro da vez é o " Anna e o Beijo Francês" da Stephanie Perkins, que tem como título internacional "Anna and the French Kiss".
O livro possui duas capas diferentes, a do Brasil e a internacional, vou deixar aqui as duas:



Sinopse: Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma grande amiga e um quase namorado. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne tem uma namorada. Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?

Opinião: Então, como um livro de romance e tal, e na verdade no geral, achei bem fraco.
Gostei de algumas frases e citações e também dos personagens, mas achei também muito " normal".
Não me arrependo de ter lido, mas perto de romances como " crepúsculo" e até mesmo o tão embolado romance de " Cidades de Papel" achei muito fraco.
É uma história bem "real" e os dramas da personagem principal, na minha opinião, foram bem "bobos"... 
Achei também um livro bem rápido e dinâmico, nada demorado ou desgastante, de leitura fácil e muito compreensível, um bom passatempo.
Recomendaria para uma leitura descompromissada, sem esperar muito, pois me decepcionei muito (obs: Meu nome é Anna, então fiquei toda contente com um livro com meu nome haha ). 
O cenário -Paris- é muito bem narrado e representado, nesse quesito não há do que se queixar.

Minha nota: 6

Beijos, Anna ♥